terça-feira, 4 de agosto de 2015

Santa Nonna, Esposa e mãe - 5 de agosto

Martirológio Romano: Em Nazianzo, na Capadócia, na moderna Turquia, Santa Nonna, que foi esposa do santo bispo Gregório o Velho e mãe dos santos: Gregório o Teólogo, Cesário e Gorgônia. 
 
     Santa Nonna nasceu por volta do século III e recebeu uma educação cristã ministrada por seus pais. Tendo se casado com um membro da seita judeu-pagã dos ipsistari, isto é, adoradores do Altíssimo, não tardou a convertê-lo ao Cristianismo. Este se tornou mais tarde sacerdote e bispo, pois no Oriente estava em uso o costume de homens casados se tornarem sacerdotes, e é conhecido e venerado como São Gregório o Velho.
     A santidade deste casal é medida pelo resultado obtido junto à sua prole: três de seus filhos mereceram receber oficialmente a honra dos altares. O filho mais velho, São Gregório Nazianzeno (festejado a 2 de janeiro), doutor da Igreja, que nos seus escritos recordou muitas vezes a vida virtuosa de sua mãe; Santa Gorgônia (festejada a 9 de dezembro, vide neste site um pequeno resumo de sua vida), casada e mãe de três filhos; e São Cesário (festejado a 25 de fevereiro), médico.
     Nonna faleceu alguns meses depois de seu esposo e morreu em avançada idade. O seu culto é especialmente difundido na cidade de Nazianzo, na Capadócia, e o Martirológio Romano a recorda no dia 5 de agosto, data em que nasceu para o Céu no ano de 374.
     Que a santidade desta família seja exemplo para nós nos dias de hoje, em que esta instituição sagrada é tão vilipendiada e corre tantos perigos devido a decadência dos costumes. Cada católico é responsável pela existência da família segundo os ensinamentos tradicionais da Santa Igreja. Rezemos e combatamos os elementos demolidores da família.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário